• Fernanda Bahia

Carissa Moore e John John Florence campeões do Vans Triple Crown 2020

Carissa Moore e John John Florence foram os campeões da primeira versão virtual da clássica Tríplice Coroa Havaiana. John John não só venceu a coroa, como levou a melhor em todos os picos de surf da coroa havaiana. No feminino, Carissa foi primeira do ranking em Hale'iwa, mas Moana Jones levou a melhor em Pipe e Bronte Macaulay em Sunset. Entre as escolhas dos fãs, Jack Robinson e Tati Weston-Webb levaram o prêmio de mais votados.

John John Florence e Carissa Moore

Campeões do Vans Triple Crown


John John e Carissa eram favoritos para levar a coroa para casa, e fizeram jus. Com o título, John John Florence se tornou o 2º maior vencedor do circuito, empatado com lendas como Derek Ho e Andy Irons (todos com 4 conquistas). Sunny Garcia é o maior vencedor do campeonato com 6 títulos.


No feminino, categoria inédita da Triple Crown, Moana e Bronte também eram consideradas favoritas na lista dos possíveis campeões para essa edição que foi bastante peculiar, numa tentativa de se adaptar à nova realidade da pandemia causada pelo coronavirus. A versão virtual do VTC ainda possibilitou que mulheres participassem, depois de 10 anos sem uma campeã mulher. A última foi Stephanie Gilmore em 2010.


Com o prêmio digital, outros surfistas de fora do CT e da WSL poderiam se inscrever para o campeonato, e alguns rookies apareceram nas listas de cada pico. Mas, no final, foram os veteranos quem chamaram a atenção e levaram o prêmio para casa. Esse ano, foram $200mil divididos entre os que ganhassem a coroa, e os melhores de cada pico do Hawaii.


Ainda assim, os brasileiros não apareceram, e somente uma atleta estava representando o país: a surfista carioca Raquel Heckert, que mora no Hawaii. Tati Weston-Webb, que ficou em segundo no ranking geral, apareceu no site da Vans Triple Crown com a bandeira americana do lado do seu nome. E o Brasil ficou sem representantes no masculino.

21 visualizações