Challenger Series 2022: Tudo pronto para o início do circuito neste sábado em Snapper Rocks

Circuito lançado em 2021 pela WSL vai para o seu 2º ano, dessa vez com o calendário completo. Início da janela para a 1ª etapa do CS será neste sábado (07) em Snapper Rocks, na Gold Coast, Austrália, começando Às 18h15 de sexta-feira no Brasil - devido ao fuso-horário. Confira tudo o que você precisa saber sobre o Challenger Series e a sua primeira etapa em 2022

Antes de falar do inicio da etapa, vamos lembrar sobre como funciona o Challenger Series, uma novidade no Circuito Mundial. Anunciado em 2020 junto com as mudanças no calendário da WSL, mas inaugurado somente em 2021 devido à pandemia, foi lançado pela WSL com o intuito de criar um "Circuito Principal" da Divisão de Acesso da Liga Mundial de Surf, aumentando a visibilidade dos surfistas que não estão na elite do tour, mas que buscam esta vaga.


Com a criação do Circuito, também foi revisto todo o conceito de competições do antigo "QS", onde os eventos com menor importância ao redor do mundo seguiam sendo realizados por região, onde os atletas que se destacavam ganhavam uma vaga para disputar o novo circuito do Challenger Series.


Foi portanto criada uma "cota de vagas" dividida entre as regiões América Latina, América do Norte, Austrália/Oceania, Europa, Ásia, África e Havaí, buscando assim, tornar mais justa a disputa por uma vaga neste "circuito principal do QS (o novo CS)" com etapas que valiam uma maior pontuação no ranking e determinariam as vagas para acesso ao Circuito Mundial de Surf de 2023. Esta era uma crítica recorrente e antiga dos atletas do mundo todo, principalmente da América Latina, que tinham poucas oportunidades em QS's de alta pontuação, que não existiam na região.


Outra grande mudança decorrente do CS em 2022 (por mais que não seja divulgada dessa forma) é o polêmico corte do meio da temporada no Circuito Mundial de Surf. Como com a criação do Challenger Series, um dos objetivos era criar um produto que fosse atrativo de ser assistido pelo público e portanto, atraísse mais investimento e patrocinadores, é necessário que surfistas da elite e de alto nível participassem do evento constantemente, e dai uma das inspirações para o "mid-season cut". Afinal, você que viu um dos seus surfistas favoritos quebrar em 2022, não quer ver ele no tour em 2023? Ou melhor, não fica emocionante assistir ele quebrado por uma vaga novamente no tour? É o claro exemplo do João Chumbinho, onde há uma ampla torcida para vê-lo novamente no CT em 2023, ou seja, assisti-lo no Challenger Series em 2022. Os próprios australianos viram alguns dos seus maiores surfistas caírem no corte, como o caso de Owen Wright e Sally Fitzgibbons. Se é justo com os surfistas? Ai é outra história.


Bom, a temporada do Challenger Series 2022 irá classificar os 10 melhores homens e as 6 melhores mulheres no ranking do CS para a temporada de 2023 do Championship Tour (CT). O Circuito CS terá oito etapas e apenas os cinco melhores resultados irão contar para as classificações de final de ano, ou seja, tem 3 "cortes" de resultados, caso o surfista vá mal ou não possa participar.



CALENDÁRIO DO WSL CHALLENGER SERIES 2022:

1.a- Mai 07-15: Boost Mobile Gold Coast Pro apresentado pela Rip Curl na Austrália 2.a- Mai 17-24: Sydney Surf Pro apresentado pela Rip Curl em Manly Beach na Austrália 3.a- Jul 20-27: Ballito Pro apresentado pela O´Neill em Willard Beach na África do Sul 4.a- Jul 30-07: Vans US Open of Surfing em Huntington Beach na Califórnia, Estados Unidos 5.a- Out 01-09: EDP Vissla Pro Ericeira na Praia Ribeira D´Ilhas em Portugal 6.a- Out 12-23: Quiksilver & Roxy Pro France em Hossegor na França 7.a- Nov 01-08: Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil 8.a- Nov 26-07: Haleiwa Challenger em Haleiwa Beach, Oahu – Havaí


O Gold Coast Pro, é a primeira parada do Challenger Series (CS) 2022, e está programado para começar nesta sexta-feira (6), em Snapper Rocks, extremo sul da Gold Coast, Austrália com a primeira chamada às 18h15 (de Brasília). O evento conta com mais de 150 competidores de todo o mundo, e ainda com mais de 20 competidores do Championship Tour (CT), que buscam a oportunidade de surfar uma das melhores ondas do mundo com apenas quatro pessoas no pico.

“Faz quase três anos desde que estive na Gold Coast devido ao Covid, então estou realmente ansioso para surfar aqui novamente”, disse Kelly Slater, surfista da elite mundial mas que irá competir na etapa.

O Brasil conta com 19 participantes confirmados para esta primeira etapa do Challenger Series, em Snapper Rocks: Samuel Pupo, Deivid Silva, Alex Ribeiro, Mateus Herdy, Marco Fernandez, Jessé Mendes, Jadson André, Edgard Groggia, Wesley Leite, Michael Rodrigues, Robson Santos, Thiago Camarão, Ian Gouveia, João Chianca, Peterson Crisanto, Eduardo Motta, Alejo Muniz, Lucas Silveira e Matheus Navarro


E ai, pra qual deles vai a sua torcida?


Confira clicando aqui quais as baterias definidas para a primeira fase e, abaixo, quais são os atletas classificados para o Challenger Series, e quais irão disputar a etapa da Gold Coast:


América do Sul


Michael Rodrigues

Alex Ribeiro

Willian Cardoso

Eduardo Motta

Wesley Leite

Marco Fernandez

Raoni Monteiro

Santiago Muniz

Robson Santos

Matheus Navarro

Sophia Medina

Daniella Rosas

Laura Raupp

Arena Rodriguez Vargas


Austrália / Oceania


Joel Vaughan

Kalani Ball

Kyuss King

Billy Stairmand

Te Kehukehu Butler

Jacob Willcox

Mikey McDonagh

Chris Zaffis

Sheldon Simkus

Jordy Lawler

Macy Callaghan

Dimity Stoyle

Sophie McCulloch

Paige Hareb

Philippa Anderson

Holly Williams

Zahli Kelly

Bronte Macaulay


África


Adin Masencamp

Slade Prestwich

Eli Beukes

Max Elkington

Joshe Faulkner

Zoe Steyn

Sarah Scott

Natasha Van Greunen


América do Norte


Michael Dunphy

Kei Kobayashi

Evan Geiselman

Nolan Rapoza

Cole Houshmand

Levi Slawson

Kade Matson

Alan Cleland

Cam Richards

Jett Schilling

Alyssa Spencer

Caity Simmers

Chelsea Tuach

Sawyer Lindblad

Leilani McGonagle

Zoe Benedetto

Kirra Pinkerton

Havanna Cabrero


Havai


Ian Gentil

Kainehe Hunt

Brodi Sale

Eli Hanneman

Maikai Burdine

Koa Smith

Josh Moniz

Moana Jones

Wong Brianna Cope

Zoe McDougall

Keala Kennelly Keala

Tomoda-Bannert

Coco Ho


Ásia


Rio Waida

Ketut Agus

Keanu Kamiyama

Hiroto Ohhara

Taichi Wakita

Reo Inaba

Kailani Johnson

Minami Nonaka

Amuro Tsuzuki

Rina Matsunaga

Sara Wakita

Mahina Maeda


Europa


Maxime Huscenot

Gatien Delahaye

Ramzi Boukhiam

Adur Amatriain

Jorgann Couzinet

Gaspard Larsonneur

Tristan Guilbaud

Timothee Bisso

Justin Becret

Vasco Ribeiro

Teresa Bonvalot

Mafalda L

64 visualizações