Chloe Calmon e Carlos Bahia são os campeões brasileiros de longboard 2020

Em calendário com etapa única pela CBSurf, o Jeri Longboard Festival consagrou a carioca Chloe Calmon, bicampeã, e o paulista Carlos Bahia, tricampeão, nacionais de longboard profissional. Os dois estavam entre os favoritos da competição e levaram a melhor nas finais em baterias super acirradas.


Chloe Calmon e Carlos Bahia Foto: Lima Jr.


Na categoria feminina, Chloe teve apenas 0,6 pontos de diferença para a segunda colocada, Marina Carbonel, do Rio Grande do Norte, que foi destaque no primeiro dia de competição e teve o maior somatório, entre homens e mulheres, no round 1, com 19.5 dos 20 pontos possíveis. Em terceiro lugar ficou a pernambucana Atalanta Batista e em quarto, a carioca Jasmim Avellino.


No masculino, dois locais do Ceará fizeram pódio e deram trabalho para o campeão Carlos Bahia. Com a torcida em casa apoiando muito os atletas cearenses Antônio Vitor, que ficou em segundo e Yam Wisman, de apenas 17 anos, em quarto, Bahia deu tudol de sí para se manter líder durante a bateria. O terceiro colocado na competição foi o capixaba Alexandre Escobar.


Fotos: Lima Jr.


A competição teve ainda a categoria open, com destaque para dois surfistas locais, José Arteiro, que levou o maior somatório da categoria, 17.93 pontos, e para Esmeralda Garzon, de apenas 15 anos, que ficou marcada como uma promessa da nova geração do longboard.


A categoria profissional teve uma premiação de R$20.000 em dinheiro, divididos de maneira igual para homens e mulheres. Já nas categorias amadoras, a premiação foi composta por longboards da Collection Surfboards para os campeões, e todos os finalistas, do profissional e do amador, levaram troféus e kits da marca Pena.

29 visualizações