• papodesurfista

Dicas de como escolher a prancha de surf ideal para você: Entendendo o Outline

Com tantas opções de modelos, formas, marcas e Shapers por ai que até bate uma dúvida na hora da escolha da nossa prancha. Para te ajudar nessa escolha, nós criamos uma série de artigos onde vamos falar sobre cada parte da prancha e como ela influencia o seu surf. Para isso, nada melhor do que chamar quem entende do assunto, então nós chamamos o especialista em Pranchas de Surf Lucas do @papodesurfista que vai explicar para você todos os detalhes.

Nessa série de artigos eu vou te apresentar cada pedaço da prancha, como ela influencia o seu surf e como saber avaliar e escolher cada porção da sua prancha.


Agora você pode estar se perguntando "Po Lucas, mas o shaper não faz isso por mim?"

O shaper se baseia em algumas perguntas específicas como: Altura, peso, nível de surf e onde você costuma cair.


Mas sabe de uma coisa? Ele não entende o que é mais importante: o seu surf.


Ele não sabe o que você sente na hora da batida, da cavada, ele não sabe qual estilo de surf você quer ter ou qual a sensação você busca na água.


O fato é que muitos de nós já comprou uma prancha novinha, colocou na água e ela simplesmente não funcionou, seja por falta de remada, seja por ela ser presa demais, seja por ela ser lenta na onda, pouco volume ou volume demais e muitos outras consequências.


Inclusive, não bastando nossa decepção com a prancha, ainda perdemos um boa parte do nosso investimento vendendo ela, muitas vezes por menos da metade do preço, para buscar um outro foguete novo.


E esse ciclo se repete até que finalmente você encontra uma prancha boa, que se encaixa com o seu surf e faz você se divertir de verdade no mar.


E sabe o que acontece depois?


Quando essa prancha fica velha, vamos a outro shaper e ele faz uma prancha nova para nós e entramos no mesmo ciclo de compra e venda até achar uma outra prancha mágica.


O fato é que a maioria dos surfistas não possuem conhecimento sobre prancha para saber o que funciona para eles.


E o shaper possui esse conhecimento, mas não sabem o que você sente na água.


Agora imagina se você pudesse unir esses dois conhecimentos? O quão seria efetiva sua escolha?


E caso você sentisse algo estranho na água, você saberia exatamente o que mudar na prancha para deixá-la mais próxima da sua prancha mágica.


Já imaginou achar uma prancha boa logo na sua primeira escolha?


E já imaginou saber desenvolver sua prancha junto com o shaper de forma que a cada prancha nova você vai criando o seu próprio modelo perfeito?


É justamente isso que eu quero para você!


Então espero que você aproveite o aprendizado dessa série de artigos, pois eles vão te trazer esse conhecimento e essa clareza.


Vamos hoje falar de uma das porções chaves da prancha: O outline

Fonte: BoardCave

O Outline é o formato da prancha quando ela é vista encostada na parede, como mostrado na imagem abaixo:

Nessa HS a linha preta nas bordas mostra bem a forma do Outline da prancha

Essa forma fala muito sobre o comportamento da prancha na água, se ela vai ser uma prancha mais manobrável ou se será uma prancha com mais projeção.


Vamos a um breve modelo técnico para você entender esse conceito.


Esse modelo irá usar um princípio básico que usei quando falei das Rabetas.


Se você ainda não leu esse artigo, recomendo fortemente que assim que você terminar esse, vá lá e leia o sobre Rabetas também, será um bom complemento deste artigo.


Artigo Qual Melhor Rabeta Para A Sua Prancha de Surf


Durante o surf, a prancha executa diversos movimentos, o que iremos analisar é quando um surfista executa uma cavada.


Se você visualizar uma cavada vista de frente, perceberá que a prancha passa de uma posição onde o bico da prancha está apontado para a base da onda para uma posição onde o bico estão apontando ligeiramente para o lip da onda.


Rotação do sentido da prancha durante uma cavada

Nesse movimento a prancha irá executar uma rotação no eixo de rotação que indico na figura abaixo


Prancha com Outline mais curvo (linha preta de dentro) e prancha com Outline mais Reto (linha azul fina mais de fora)

Nessa rotação, vamos comparar duas pranchas diferentes, uma com Outline mais reto e outra com o Outline mais curvo.


A linha Azul grossa é a linha d’água que corta a prancha quando ela está executando uma cavada.


Para que a prancha execute o movimento de rotação entorno do eixo de rotação, ela deve “empurrar” a água que está em contato com a porção da prancha submersa (abaixo da linha d'água).


Observamos que a prancha com Outline mais reto possui uma área maior de água para ser empurrada, basta observar que a largura da prancha próxima a rabeta vai sendo bem diferente para as duas pranchas.


Essa área a mais gera uma força maior contra a rotação da prancha, fazendo com que ela gire com menor velocidade devido a força d’água.


E isso faz com que a prancha execute esse movimento de rotação na cavada de forma mais lenta, ou seja, ela não consegue atingir o lip tão no crítico quanto a prancha com menor Outline, ou seja, ela possui menor manobrabilidade.


Em contrapartida, essa maior área de água embaixo da prancha ajuda ela a se impulsionar para frente com mais força, fazendo com que essa prancha ganhei mais velocidade na cavada, ou seja, ela ganha mais projeção na hora da cavada.


Portanto, quanto mais curva o Outline tiver, mais manobrável a prancha será, e quanto mais reto ele for, mais projeção sua prancha será capaz de te fornecer.


Agora como aplicar esse conceito e ajudar o seu surf?


Digamos que você está pensando em comprar uma prancha para o dia a dia, a praia onde você costuma cair tem ondas um pouco mais tubulares e rápidas.


Nesse caso uma prancha boa para você é uma com uma Rabeta versátil para pegar vários tipos de mares diferentes e um Outline mais curvo, para conseguir encaixar a prancha nos locais mais críticos mais rápido antes que a onda feche.


Agora, você costuma surfar ondas cheias e pequenas ou está procurando uma prancha para surfar marolas, um Outline mais reto irá te ajudar a gerar mais velocidades em ondas mais fracas e a conseguir manobrar com mais força.


Claro, há diferentes combinações de Outlines com Rabetas que podem funcionar em diversas situações, basta você saber que tipo de mar você vai surfar, seu nível de surf e que tipo de surf você quer desenvolver.


Valeu Surfista por ter lido todo esse conteúdo que fizemos com muito carinho para você!


E aí, curtiu o conteúdo surfista? Espero que nós tenhamos contribuído com o seu Surf!


Comenta aí se você tiver alguma dúvida que teremos o prazer de te responder!


Aloha!

Autor: Lucas

Saiba mais em: @papodesurfista

373 visualizações
Untitled

 Canal Surf Storm ©2020

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon