• Fernanda Bahia

Tudo o que você precisa saber sobre as atletas que vão competir no Circuito Mundial de Surf 2021

O retorno do CT em 2021 está a poucos dias de acontecer, e Maui, no Hawaii será o palco da primeira etapa do women's championship tour, nessa nova era da World Surf League. A janela do Maui Pro abre no dia 4 de dezembro, sexta-feira. Logo depois, no dia 8 de dezembro, a janela do Pipemaster, a primeira etapa do men's championship tour, começa em Pipeline, também no Hawaii.

Premiação Maui Pro 2019 | Foto: WSL/Cestari

As duas etapas foram, por um tempo, o encerramento do tour, e palco de algumas emoções, como a vitória de Ítalo Ferreira em cima do seu compatriota e bicampeão mundial, Gabriel Medina. E o pódio de Tyler Wright ao lado de Stephanie Gilmore, quando voltou ao CT depois de um ano se recuperando de uma doença autoimune.


E com as etapas se aproximando, a Fantasy League da WSL já está on, com várias ligas e prêmios para os que souberem montar o melhor time para cada etapa. O Canal Surf Storm tem a sua liga e vai rolar premiação também. Para participar é só criar sua conta no app da WSL, se inscrever na nossa liga e pegar as dicas para montar o seu time.


E para te ajudar no Fantasy e a acompanhar o tour esse ano, separamos algumas informações de todos os atletas que vão participar do CT feminino e masculino. No feminino, são as 10 primeiras atletas do CT, o top 6 do ranking do QS e 1 wildcard. São 35 atletas em cada etapa do masculino, sendo 22 atletas do ranking do CT do ano anterior, 10 do ranking do QS e 2 wildcards.


Confira quem serão as atletas em 2021 no Women's Championship Tour:


Carissa Moore

Foto: Reprodução/Instagram

Tetracampeã mundial

28 anos. Honolulu, Oahu, Hawaii.

Regular

Primeira temporada: 2008 Men's Qualifying Series

Primeiro ano no CT: 2010

Etapas vencidas do CT na carreira: 22

Carissa se destacou, nos seus primeiros anos de CT, nas etapas australianas. Ganhou a etapa de Pro Bells Beach mais do que qualquer outra do tour e também se destacou, já nos anos mais recentes do mundial, em Maui, onde o tour começa esse ano.

Carissa busca mais um campeonato mundial.




Caroline Marks

Foto: Reprodução/Instagram

18 anos. Melbourne Beach, Florida, EUA.

Goofy

Primeira temporada: 2013 Women's Junior Tour

Primeiro ano no CT: 2018

Etapas vencidas do CT na carreira: 2

Foi a atleta mais nova a se qualificar para o CT. Os dois eventos em que ficou em primeiro lugar foram em Gold Coast e em Portugal. Saiu da sétima colocação no ranking em 2018, seu ano de estreia, para o segundo lugar em 2019.

Caroline já mostrou que tem o necessário para um campeonato mundial, se mantiver a consistência do seu surf.





Lakey Peterson

Foto: Reprodução/Instagram

26 anos. Santa Barbara, Califórnia, EUA.

Regular

Primeira temporada: 2010 Women's QS

Primeiro ano no CT: 2012

Etapas vencidas do CT na carreira: 5

Lakey se destacou no ano em que competiu o Surf Ranch pela segunda vez, vencendo a etapa. No ano de estreia da etapa no tour, a surfista ficou em terceiro. A surfista é consistente e mantem sempre um bom posicionamento durante as etapas, mesmo que não fique em primeiro.

Lakey está determinada a brigar pelo Título Mundial.





Stephanie Gilmore

Foto: Reprodução/Instagram

Heptacampeã mundial

32 anos. Kingscliff, New South Wales, Austrália.

Regular

Primeira temporada: 2005 Women's CT (Etapa Roxy Pro)

Primeiro ano no CT: 2007

Etapas vencidas do CT na carreira: 18

Stephanie se destacou algumas vezes nas etapas da França do Tour. Mas em Gold Coast Stephanie se sente mais perto de casa, e já ganhou a etapa cinco vezes ao longo da sua carreira.

Stephanie é sempre uma ameaça ao título de campeã mundial.





Sally Fitzgibbons

Foto: Reprodução/Instagram

29 anos. Gerroa, New South Wales, Austrália.

Regular

Primeira temporada: 2008 Women's QS

Primeiro ano no CT: 2009

Etapas vencidas do CT na carreira: 11

Sally ganhou no Brasil três vezes, além de ter ido ao pódio como segunda ou terceira colocada em quase todas as vezes que competiu no país. Em Fiji e Cascais também fez seu nome e se destacou em algumas das temporadas.

Sally chegou a competir com a lycra de Jeep Leader em 2019, então tudo indica que em 2021 ela vem para o campeonato mundial.






Tatiana Weston-Webb

Foto: Reprodução/Instagram

24 anos. Princeville, Kauai, Hawaii.

Goofy

Primeira temporada: 2009 Women's QS

Primeiro ano no CT: 2015

Etapas vencidas do CT na carreira: 1

Tati representou o Hawaii no CT por um tempo, mas desde 2018, defende o Brasil. Nesse ano, Tati é a única brasileira no tour.

Sua consistência em 2019 aponta a garra da surfista para trazer um campeonato mundial para o Brasil esse ano.






Courtney Conlogue

Foto: Reprodução/Instagram

28 anos. Santa Ana, Califórnia, EUA.

Regular

Primeira temporada: 2008 Women's QS

Primeiro ano no CT: 2011

Etapas vencidas do CT na carreira: 12

Courtney teve bons resultados em Cascais, e o braço europeu do tour parecia deixar a atleta a vontade.

Após dois vice-campeonatos e alguns machucados em sua carreira, Courtney é uma aposta para o mundial, após passar 2019 sem se machucar nenhuma vez - foi o primeiro ano em algum tempo.





Johanne Defay

Foto: Reprodução/Instagram

27 anos. Reunion Island, France.

Regular

Primeira temporada: 2009 Women's QS

Primeiro ano no CT: 2014

Etapas vencidas do CT na carreira: 3

Com movimentos explosivos e um surf mais progressivo, a atleta busca ondas com possibilidades de manobras radicais e está elevando o nível de surf dos campeonatos.

Johanne nunca esteve fora do top10 nas suas temporadas no CT, e está atrás do campeonato mundial.






Malia Manuel

Foto: Reprodução/Instagram

27 anos. Wailua, Kauai, Hawaii.

Regular

Primeira temporada: 2008 Women's QS

Primeiro ano no CT: 2012

Ainda não venceu nenhuma etapa do CT

Com algumas vitórias no Qualifying Series, Malia é considerada uma das surfistas mais subestimadas do tour.

Muitos estão aguardando o momento dela conquistar o seu campeonato mundial.







Nikki Van Djik

Foto: Reprodução/Instagram

26 anos. Phillip Island, Victoria, Austrália.

Regular

Primeira temporada: 2009 Women's CT (Etapa Pro Bell's Beach)

Primeiro ano no CT: 2014

Etapas vencidas do CT na carreira: 1

Nikki chegou perto de sair do CT em 2018 e em 2019, mas conseguiu manter sua vaga para o CT em 2021.

Sua busca é por melhores resultados para a próxima temporada.







Isabella Nichols

Foto: Reprodução/Instagram

23 anos. Coolum Beach, Queensland, Austrália.

Regular

Primeira temporada: 2013 Women's Junior Tour

Primeiro ano no CT: 2021

Ainda não venceu nenhuma etapa do CT

Fazendo sua estreia no CT, Isabella pretende mostrar o seu surf e conquistar seu espaço no tour mundial.








Bronte Macaulay

Foto: Reprodução/Instagram

26 anos. Gracetown, Austrália.

Goofy

Primeira temporada: 2009 Women's QS

Primeiro ano no CT: 2017

Ainda não venceu nenhuma etapa do CT

Brote ainda precisa se encontrar no CT, depois de ter reconquistado a sua vaga pelo Qualifying Series dois anos seguidos.










Sage Erickson

Foto: Reprodução/Instagram

29 anos. Ojai, Califórnia, EUA.

Regular

Primeira temporada: 2008 Women's QS

Primeiro ano no CT: 2012

Etapas vencidas do CT na carreira: 1

Sage teve altos e baixo e chegou a ficar um ano fora do CT, em 2018. Mas em 2019, teve uma boa temporada no QS e reconquistou sua vaga para o tour mundial.







Brisa Hennessy

Foto: Reprodução/Instagram

21 anos. Matapalo, Costa Rica.

Regular

Primeira temporada: 2012 Women's Junior Tour

Primeiro ano no CT: 2019

Ainda não venceu nenhuma etapa do CT

No seu ano de estreia, Brisa conquistou um terceiro lugar na etapa de Bali. O resto do ano não foi tão consistente, mas a surfista manteve sua vaga no tour mundial, pelo QS.

Nesse ano, Brisa pretende apertar a corrida pelo campeonato mundial, e manter um bom posicionamento no ranking mundial.




Macy Callaghan

Foto: Reprodução/Instagram

20 anos. Avoca Beach, New South Wales, Austrália.

Regular

Primeira temporada: 2014 Women's Junior Tour

Primeiro ano no CT: 2018

Ainda não venceu nenhuma etapa do CT

Macy chegou ao CT em 2018 com um ano de estreia complicado, mas se manteve no tour em 2019 e em 2021 pelo QS.

Com pouca idade, Macy está focada em melhorar seu posicionamento e conquistar mais espaço no tour mundial.



Keely Andrew

Foto: Reprodução/Instagram

26 anos. Moolooba, Queensland, Austrália.

Regular

Primeira temporada: 2011 Women's Junior Tour

Primeiro ano no CT: 2016

Ainda não venceu nenhuma etapa do CT

Em 2016 a surfista entrou para o CT, e se manteve quase sempre pela sua qualificação no QS. Em algumas baterias em que competiu, já eliminou nomes como as campeãs mundiais Stephanie Gilmore, Carissa Moore e Tyler Wright.

A atleta já mostrou que tem o necessário para melhorar seu posicionamento no ranking e, quem sabe, lutar pelo título mundial.




Tyler Wright

Foto: Reprodução/Instagram

Bicampeã mundial

26 anos. Culburra Beach, New South Wales, Austrália.

Regular

Primeira temporada: 2008 Women's CT (Etapa Beachley Classic)

Primeiro ano no CT: 2011

Etapas vencidas do CT na carreira: 11

Tyler tem uma carreira de altos e baixos, mas está voltando ao CT depois de se recuperar de uma doença auto imune que a deixou na cama sem conseguir se mexer. Tyler já mostrou que tem bastante familiaridade com as praias do seu país, e costuma ir bem no braço australiano do tour. Mas também não fica para trás nas etapas europeias e já ganhou no Brasil dois anos seguidos.

Tyler volta recuperada e pronta para um terceiro campeonato mundial.


O elenco do tour de 2021 vem com tudo e o retorno do CT promete grandes emoções, com a primeira etapa abrindo a janela nessa sexta-feira com chamada as 14h. E vai rolar uma cobertura incrível pelo Canal Surf Storm, live, Resenha do Surf, matérias e muito conteúdo para essa temporada, então não percam! Fiquem atentos ao nosso Instagram e, é claro, participe da nossa liga no fantasy!

30 visualizações
Untitled

 Canal Surf Storm ©2020

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon