Última etapa do CT em Teahupo'o oficialmente cancelada

A última etapa do CT, que acontece no Tahiti, na lendária onda de Teahupo'o, está oficialmente cancelada, devido ao fechamento das fronteiras na Polinésia Francesa e um aumento no número de casos da nova variante do covid. A variante Delta chegou no Tahiti e voltou a encher as camas dos hospitais.

Tati Weston-Webb em Teahupo'o
Tati Weston-Webb em Teahupo'o | Foto: WSL/Cestari

Os boatos de cancelamento já estavam correndo e a notícia foi oficializada pela chefe de competições da World Surf League, Jessi Miley-Dier, durante a transmissão da etapa do México. No pronunciamento, Jessi afirmou que os atletas já estavam avisados da possibilidade e que a WSL vai rever algumas questões em relação às classificações para o Finals Day, em Trestles, e para a próxima temporada do tour mundial.


Foi esse anuncio feito aos atletas sobre a possibilidade de cancelamento que foi publicada pelo site de notícias Beach Grit. A matéria citou a chefe de competições da World Surf League, Jessi Miley-Dyer, afirmando que o pronunciamento feito aos atletas citava uma coletiva de imprensa do governo do Tahiti sobre o possível fechamento das fronteiras. Agora, com as informações confirmadas, a etapa está oficialmente cancelada.

Com o cancelamento, a etapa mexicana, que está acontecendo, passa a ser a última do tour. E a última chance de alguns surfistas de firmarem uma vaga no top5 do ranking e competirem a final. Além dos surfistas que ainda brigam para manter uma vaga na elite mundial do surf e não cair para a Divisão de Acesso.


Sendo a última etapa do tour, alguns surfistas que já anunciaram a sua despedida nesse ano, surfaram suas últimas baterias no México, caso de Adriano de Souza e Jeremy Flores, por exemplo.

43 visualizações