Entrevista com Nayson Costa - Paraense que fez história no CBSurf Pro Tour na última semana

Conversamos com o surfista paraense Nayson Costa, surfista que fez história na última semana, quando venceu, com uma prancha emprestada, o atleta Ian Gouveia na final da 2ª etapa do CBSurf Pro Tour, em Taibá (CE) e se tornou o 1º surfista paraense a vencer uma etapa oficial do torneio.

Após 2 etapas, com ondas medianas, não ultrapassando na casa de 1 metro, o Circuito CBSurf PRO 2020, contou com a realização da segunda etapa, entre os dias 25 e 27 desse mês, na praia da Taíba, no Ceará, que contou com a presença de uma grande quantidade de surfistas inscritos e um resultado histórico.


No inicio da competição, já víamos no feminino que teríamos uma competição que iria entrar para a história. Primeiro, com o show de surf e uma campeã (e destaque da competição) de apenas 17 anos: Ariane Gomes. A surfista cearense levou o título da etapa e impôs seu ritmo desde o início dos confrontos, aplicando manobras progressivas e com muita radicalidade. Na final fez um somatório de 6,75 em sua melhor onda somado a um 5,25, não deixando dúvidas sobre sua capacidade competitiva, conquistando assim, o título da 2ª etapa do Circuito Brasileiro 2020. O segundo lugar ficou com Tainá Hinckel (SC), seguido por Yanca Costa (CE) na terceira posição, e em quarto, Julia Duarte (RJ) que acirraram a disputa no ranking brasileiro feminino.


Já no masculino, as finais foram realizadas no dia 27, último dia de competição e os holofotes ficaram para a revelação do campeonato e grande campeão no masculino:

“Foi muito difícil, chegar pra uma etapa sem dinheiro, sem equipamento, mais jamais deixei de acreditar em meu talento e capacidade.” - nos contou Nayson.
Samuel Igo; Weslley Dantas, Ian Gouveia e Nayson Costa foram os finalistas da etapa

O atleta chegou ao campeonato sem apoio, e até mesmo surfando com equipamento emprestado e derrotou o pernambucano Alan Donato (oitavas de final), Artur Silva (quartas de final) e os paulistas Caio Costa e Igor Moraes (semifinal) até chegar à uma final emocionante e histórica com alguns grandes nomes do surf nacional. Estava armado o cenário para a grande final no dia de Ações de Graças que contagiou a todos e foi emocionante. Na decisão, Nayson encarou Ian Gouveia, Wesley Dantas e Samuel Igo numa disputa pelo título que duraria até os minutos finais. Nayson encontrou dificuldades na bateria disputada, onde Ian Gouveia dominava boa parte dos acontecimentos ao lado de Wesley Dantas e Samuel Igo. Mas quando tudo parecia definido, a estrela paraense brilhou. Nos instantes finais, Nayson Costa empolgou toda torcida quando escolheu remar naquela que seria “a onda da virada”.

Nayson Costa acertando o aéreo que garantiu a virada e título da etapa

Mostrando muita atitude, em sua última oportunidade ele pegou uma onda no pico em que já havia surfado suas melhores ondas durante todo o evento. Executou um aéreo preciso, cravando assim a maior nota da bateria 8,0 e escreveu o seu nome na história como o primeiro surfista paraense a conquistar uma vitória expressiva no Circuito Brasileiro Profissional.

“Muito feliz em ter vencido. Tem altas ondas no Pará, eu treino 4 horas por dia por lá. Estou passando por um momento delicado, sem patrocínio e sem apoio, conto com a força de Deus me ajudando. Gostaria de agradecer a minha mãe pela vitória, aos meus amigos, a Secretaria de Esporte e Lazer do Estado do Pará e ao Governo do Estado.” - finalizou Nayson

Com o resultado, Nayson saltou da 89ª para a 5ª posição do ranking, seguindo na briga pelo título da temporada e na busca do sonho de vencer o brasileiro e garantir vaga para disputar o QS. Agora o CBSurf Pro Tour vai para a 3ª e última etapa do circuito, que irá definir o campeão brasileiro de 2020 e ocorrerá entre os dias 18 e 20 de dezembro, em Salvador, na Bahia.