O SWELL TA ON! Primavera chega com um dos maiores swells da temporada e movimenta o surf nacional

Grande ondulação de sudeste formada por um ciclone sub tropical formada no Atlântico promete ser um dos maiores (senão o maior) da temporada de ondas do Brasil em 2021. Ondulação promete render boas ondas no litoral sudeste e deu alerta verde para diversos campeonatos de surf na região.

O inverno oficialmente terminou nesta quarta-feira (22/09) e com a chegada da primavera, os surfistas do sudeste do país já temem sentir os princípios do verão nas sessões de surf a qualquer momento, com longas esperas de ondulação, períodos flat e fundos desmontados, certo? Bom, parece que ainda não. Uma grande ondulação com predominância de leste/sudeste chegou junto com a primavera para das as boas vindas à estação e promete render dias de boas ondas para o final de setembro.


Um ciclone subtropical formado no atlântico vem gerando ondas com um período bem alinhado e bastante energia para os próximos dias. O auge deste swell será entre esta quinta (23) e sexta-feira (24) e promete "ligar a máquina" de picos que recebem bem esse tipo de ondulação. Desde a Laje de Jaguaruna, Silveira, o litoral norte de São Paulo, até Arpoador, Leme, Copacabana, Itacoatiara, Regência e até a Laje de Avalanche tem expectativa de funcionar nesse swell, sem falar, claro de outros picos "raros" que podem acordar como Itapuca, Brejó, o Sorriso e Forte de Copacabana, além dos point breaks capixabas e até a famosa e rara onda da Boca do Rio de Regência, que nunca mais foi a mesma desde o desastre de Brumadinho. Além de boas ondas, a ondulação que chegou nesta quarta, no Rio, por exemplo, mais do quadrante Sul/Sudoeste, promete "refazer os fundos" que já estavam se desmontando nos beach breaks cariocas e dão uma sobrevida de esperança antes da temporada 2021 acabar.


E que sobrevida, ein? A vida após inverno no surf existe, e a prova disso é o alerta ligado para diversas competições de surf que devem acontecer nos próximos dias no Rio de Janeiro e Espírito Santo.


Na capital carioca, a Prainha deve receber um campeonato "surf treino" de ondas grandes nesta quinta-feira (23), enquanto o Arpoador irá receber o "Arpoador Surf Clássic" entre sexta-feira (24) e sábado (25) pela manhã, reservando o pico que deve funcionar de gala para os atletas que se inscreveram na competição e ir para a água a partir das 8h da manhã.

Já em Niterói, o Itacoatiara Big Wave, com janela aberta até o dia 30 de setembro, vai dar uma última chance aos big riders que disputam a competição de ondas grandes, em sua primeira versão virtual. Segundo a organização do evento, essa é a oportunidade de os competidores garantirem as maiores ondas dessa temporada, e uma boa pontuação para fechar a janela de competição.


Alguns dos grandes nomes do surf de ondas grandes prometem aparecer nas ondas da praia de Itacoatiara, para fecharem com chave de ouro as ondas de inverno. Os surfistas irão contar com equipe de apoio e jet ski, e os cinegrafistas que também esperam levar um prêmio para casa.


Enquanto isso, outros dos maiores surfistas de ondas grandes estão no litoral capixaba. A expectativa é grande para o freesurf na Laje de Avalanche, uma das maiores e mais pesadas ondas do país e que já impressionou bastante em 2021. Será que a "maior onda surfada no ano" ainda está por ser surfada nesse swell? O que mais a Avalanche pode mostrar em 2021?


Mas os olhos estão abertos para o que promete ser um dos maiores campeonatos de tubos dos últimos tempos na lendária onda de Regência. O Regência Supertubos foi anunciado nas últimas semanas, com janela aberta a partir do dia 17 de setembro, e tem tudo para rolar neste final de semana - 25 e 26 de setembro - com previsão favorável. Diversos surfistas participantes e convidados já se mobilizaram para o litoral capixaba de olho na competição.


O fato é: O inverno acabou, mas a temporada 'só acaba quando termina' e a primavera está começando com o pé direito deixando os surfistas aproveitarem mais um pouco antes de chegar o verão.

49 visualizações