Stephanie Gilmore e John John Florence são eleitos os "surfistas do ano" pela Stab Mag

Em um ano sem campeões mundiais, Stephanie Gilmore e John John Florence são eleitos os melhores surfistas de 2020, no tradicional "Stab Surfers of the Year" (Surfistas do Ano da Stab). Na categoria de surfista do ano júnior, quem levou a melhor foi o surfista australiano Jai Glindemann.

A escolha foi feita por 50 dos surfistas mais influentes da atualidade (escolhidos pela stab), em uma votação onde cada um apontava os cinco melhores do ano em cada uma das categorias: surfista do ano masculino, surfista do ano feminino, surfista do ano júnior e melhor filme de surf do ano. A lista de surfista contou com nomes como Kelly Slater, Coco Ho, Justine DuPont, Ítalo Ferreira, e muitos outros atletas, desde os mais novos até os veteranos do esporte mundial.


A Stab também levou em conta a votação do público, apesar de não ficar claro como o público influenciou no resultado, na matéria da Stab e na divulgação dos vencedores de cada categoria. Além disso, os critérios usados por cada surfista votante não foram explicados, mas cada atleta computou pontos ao final da votação. O filme de surf do ano ainda não foi divulgado.


Em um ano sem campeonato mundial, a performance dos surfistas foi observada pela internet, que em 2020 viu alguns vários atletas criando conteúdo e divulgando seu surf por meio das redes sociais. O meio digital foi, de fato, o palco para as melhores ondas do ano. Não à toa tivemos tantos campeonatos ganhando versões virtuais para se adaptarem ao que vem acontecendo no mundo.

O vencedor da categoria masculina, John John Florence, que recebeu 149 pontos, foi aclamado por muitos. O atleta, que está voltando de uma contusão, chamou a atenção até mesmo de Kelly Slater, que colocou John John em primeiro na sua lista de top 5.


Atrás do havaino, aparece o brasileiro, atual campeão mundial pela WSL, Ítalo Ferreira, com 91 pontos. Ítalo foi o vencedor do Stab Surfer of the Year em 2019. Ainda no TOP 5 da lista estão ainda Griffin Colapinto em terceiro, o big rider Kai Lenny em quarto e Mason Ho em quinto.


No feminino, Steph Gilmore, heptacampeã mundial, levou 111 pontos. A atleta parece nunca sair do seu auge. A surfista Coco Ho chegou a comentar que a surfista seria o "blue print" do surf moderno, ou seja, o modelo a ser seguido. Em segundo aparece a também atual campeã mundial, Carissa Moore, em terceiro a australiana Tyler Wright, em quarto Sierra Kerr, de apenas 13 anos, e em quinto Caroline Marks, de 18 anos.


70 visualizações