Top 10 ondas mais assustadoras do mundo - conheça as ondas mais temidas pelos surfistas

Algumas você provavelmente já ouviu falar, outras nem tanto. Listamos as 10 ondas mais perigosas do mundo e contamos um pouco das suas histórias e porque são tão temidas no mundo do surf.

10- Cortez Bank, Oceano Pacífico (US)

A onda quebra (literalmente) no meio do oceano, a quilômetros de distância da costa. É bom não errar, pois o resgate não vai chegar tão cedo.

Cortez Bank é uma das maiores ondas do mundo, reza a lenda que um dia lá poderá ser surfada a mítica onda de 100 pés. Ela está situada no meio do Oceano Pacífico, quebrando a 180 km da costa de San Diego, nos Estados Unidos. O imenso volume de água faz com que a vaca em águas profundas te empurre para baixo e demore alguns minutos para submergir. Se já não fosse o bastante, a onda fica numa região cheia de tubarões.

E ai, vai encarar?


9- Dungeons, Cidade do Cabo (AFS)

Afastada da costa da Cidade do cabo na África do sul, Dungeons tem um pouco de tudo que aterroriza os surfistas.

Longe da costa da Cidade do cabo na África do sul, o pico de Dungeons fica cerca de uma ilha que é abrigo de muitas focas, o que atrai muitos tubarões brancos famintos para aquela área. A Água congelante, forte correnteza e fundo de pedra, são outros fatores nem um pouco convidativos para os surfistas. Muitos profissionais negam surfar Dungeons, segundo eles pelos tubarões. Bora dar um mergulho?


8- Praia do Norte, Nazaré (POR)

As maiores ondas do mundo podem passar dos 100 pés e estão situadas nesse pico em Portugal.

Famosa pelas maiores ondas já surfadas no mundo, também é conhecida como “Canhão de Nazaré” e pode passar dos 100 pés ou seja, por volta dos 30 metros de onda. O fenômeno ocorre devido à vala de pedra formada no fundo da onda, que intensificam a sua força e tamanho ao se aproximar da costa.


Apesar de não ter tubarões, ou fundos rasos de pedra, não se deixe enganar, são verdadeiros monstros do mar e qualquer erro pode ser fatal. Nela aconteceu o acidente com a surfista brasileira Maya Gabeira (hoje recordista mundial) em 2013 entre outros famosos, como o perrengue de jet sky do surfista Lucas Chumbo.


7- Pipeline, Oahu (HAW)

O grande risco de Pipeline é a força insana com que a onda quebra numa bancada mista de pedras e coral, a 3 metros de profundidade.

Uma das ondas mais famosas do mundo, Pipeline tem média de uma morte por ano. Para se ter ideia, em 1998, rolaram 30 acidentes num único dia! Alguns dos surfistas mais experientes do mundo já se acidentaram aqui (e quase sempre é feio). Ou seja, na hora de dropar essa onda, é melhor saber o que está fazendo.


Pipeline e backdoor é uma onda de uma perfeição exuberante, mas toda essa maravilha é sustentada por vários corais que ficam abaixo da onda e cerca de 3m da superfície da água. Para melhorar, os corais formam pequenas cavernas subterrâneas, onde se você der azar, não consegue mais voltar. A praia também tem um crowd absurdo, o que pressiona a galera a escolher logo uma onda, e a errada pode ser fatal.


6- Mavericks, Califórnia (US)

O surfe nessas águas turvas e infestadas de tubarões brancos rola de frente para um muro de pedras pontiagudas, para onde o surfista pode ser arrastado pela correnteza.

Mavericks é uma onda lendária. Situada na Califórnia, a cerca de 1km da costa e numa região cheia de tubarões. Em 1994, o surfista havaiano Mark Foo tomou um caldo mortal e seu corpo foi achado boiando uma hora depois


A onda gigante pode chegar aos seus 21 metros e tem situada bem em sua frente um paredão de pedras pontiagudas onde a força brutal da onda e sua forte correnteza pode te jogar. Água gelada, correnteza, mar infestado de tubarões brancos, e ma longa remada pra ser resgatado. Vambora?


5- Teahupoo, Polinésia Francesa (TAH)

Cair na onda em Teahupoo em dias grandes equivale a receber uma piscina olímpica de massa d’água em cima das costas em uma profundidade no máximo de 1,5m.

Teahupoo significa “Praia dos crânios quebrados”. Isso já diz muita coisa, não é mesmo? Uma das etapas do tour mundial de surf, a onda que se forma é de colocar medo em qualquer um. Isso por que o fundo é formado por um paredão de coral exposto (ralador natural) que diminui a profundidade da água de 1400m para 1,5m em muito pouco tempo.


Com isso há uma pressão gigante formando um dos lips mais pesados que o mundo do surf conhece. Qualquer caldo em Teahupoo em seus grandes dias é um "Wipeout" cinematográfico, fazendo realmente ser uma onda maravilhosa, para assistir.


4- Jaws, Maui (HAW)


Considerado um dos piores caldos que se pode levar no surf. Muitos surfistas comparam o caldo de Jaws a uma máquina de lavar ou um Pin ball humano.

A onda de Pe'ahi também é conhecida como Jaws,, que traduzindo significa mandíbula. Para cair por lá tem que estar com o pulmão em dia, já que ela pode te jogar a 15 metros de profundidade. Pra melhorar, geralmente vem uma série de 2 ondas gigantes seguidas, ou seja, você terá muito tempo para respirar assim que voltar a superfície.


A onda também conta com uma correnteza fortíssima e é muito temida entre os surfistas, que afirmam que a sensação de vacar em Jaws é como cair numa máquina de lavar roupas gigante. O volume de água é imenso e você perde a noção de espaço. Além do risco de afogamento, há pedras cortantes no fundo e um penhasco a apenas 800 metros do pico


3- Ours ou Cape Fear, Sydney (AUS)

O índice de atletas lesionados durante o campeonato realizado pela Red bull nesse pico é altíssimo. Dizem nos bastidores que a WSL proíbe seus atletas de participarem.

Pensou que a Austrália ia escapar da lista? Não só de ondas perfeitas e paradisíacas vivem os aussies, o nosso TOP 3 foi dedicado à essas medonhas ondas australianas. Ours é conhecida pelo campeonato de surf “Red Bull Cape fear” e é uma onda das mais pesadas, de 6 a 10 pés, já que desloca uma massa de água impressionante em muito pouco tempo.


Além disso, ela fica BEM DE FRENTE para um muro de pedras, e caso sua missão dê errado você pode ser jogado diretamente para esse muro. Para dificultar a vida dos surfista Ours ainda conta com um forte “backwash” que deixa a onda imprevisível, podendo aumentar em mais de 50% o tamanho original da onda em segundos.


2- The Right, Gracetown (AUS)

The Right é uma das ondas mais massivas e monstruosas do planeta. No lado ocidental da Australia, é um verdadeiro mistério no mundo do surf, mas a notícia que se tem é de que essa onda pode ultrapassar os 25 pés de onda em uma massa d’água que dispensa comentários. As suas imagens são sempre impressionantes e mostram o quão imprevisível ela pode ser.


1- Shipstern's Bluff, Tasmânia (AUS)

O que deixa uma onda verdadeiramente assustadora? O "TOP 1" da nossa lista foi para essa onda que simplesmente tem TUDO de aterrorizante para o surf. Água trincando de gelada, dezenas de tubarões, incrível massa d'água forte e imprevisível, fundo de coral raso, longe da costa e com um muro de pedra logo em frente. Se uma onda tivesse que ser montada para ser o desafio dos desafios, essa seria o modelo perfeito. Não é a toa que foi escolhida para ser o novo pico do campeonato "Cape Fear" da Redbull a partir de 2018 (aquele mesmo da onda "Ours" TOP3 do ranking).


Além de ser uma onda pesada, ela costuma fazer pequenas ondas dentro da própria onda, quebrando toda "esquisita" e imprevisível. Tente sobreviver, surfar essa onda até o fim e contar a história.


Autor: João Pedro Braga - Canal Surf Storm

1,071 visualizações
Untitled

 Canal Surf Storm ©2020

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon