WSL divulga calendário do Circuito Mundial de Surf e Challenger Series de 2022 com mudanças

Nesta quarta-feira, a World Surf League anunciou o novo calendário integrado do Circuito Mundial de Surf e do Challenger Series para 2022, que volta aos palcos originalmente programados 'pré-pandemia' e com mais novidades

E o anúncio da WSL veio com uma série de novidades, além do retorno à alguns palcos originalmente programados para o tour, antes da pandemia, algumas novidades quanto à participação dos atletas foram divulgadas.


A maior delas, é o fato de todas as etapas do CT e do Challenger agora serem disputadas por homens e mulheres, em todas as etapas, em um calendário único. Outra novidade importante no regulamento para o calendário 2022, é o "mid-season cut", ou seja, depois da 5ª etapa do CT - após a perna australiana - haverá um corte reduzindo o número de atletas da elite para 24 homens e 12 mulheres (os melhores colocados no ranking, é claro). Os surfistas eliminados poderão buscar sua reclassificação no Challenger Series na mesma temporada.


Já em relação às etapas, o inicio da temporada 2022, será novamente em Pipeline, essa vez com janela abrindo no final de janeiro, o que costuma ser a melhor época de ondas no Havaí. Outra mudança importante, é a etapa de Sunset Beach fazendo parte novamente do calendário do CT. A 3ª etapa do calendário, passa a ser em Peniche, em Portugal, antes disputada em outubro, esta, que agora é a única etapa da elite mundial na europa, já que a etapa da França passou a integrar o calendário do Challenger Series. Seguindo a cronoglogia, em seguida temos a perna australiana, que foi reduzida e o país volta a ter apenas 2 etapas no calendário da elite, tendo o evento da Gold Coast passando a fazer parte do Challenger Series ao invés do CT.


Passada a 5ª etapa da temporada, e consequentemente o "mid-season cut" (que vai dar o que falar), temos novamente no calendário a confirmação da etapa de G-LAND, na Indonésia, que havia sido confirmada para o tour de 2020 (antes da pandemia) volta à fazer parte da programação. Enquanto isso, Trestles (palco da final de 2021) volta ao calendário regular e, adivinha só, substituirá a etapa do Surf Ranch (que agora não faz mais parte do calendário). O Brasil segue confirmado no tour, com a etapa de Saquarema prevista para o final do mês de junho e início de julho, enquanto o "WSL FINALS", formato polêmico de finais que vem sendo bastante criticado, segue confirmado para 2022, mas sem mais informações sobre o local de sua realização. Confira abaixo o calendário do CT 2022:

Com mudanças, a WSL busca desenvolver ainda mais o "Challenger Series", novo formato do QS, que agora contará com alguns atletas que iniciaram o ano na elite mundial fazendo parte da sua programação:

E ai, gostaram das novidades?